5 dicas para fazer seu TCC de forma descomplicada

5 dicas para fazer seu TCC de forma descomplicada

Apesar de ser um passo tão importante para alcançar o tão sonhado diploma, elaborar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é geralmente visto como uma fase trabalhosa e cheia de dificuldades.

Mas apesar de exigir um maior tempo de planejamento e dedicação, o desenvolvimento do TCC não é um bicho de 7 cabeças. Então respire fundo e siga algumas dessas dicas que irão facilitar sua vida acadêmica.

1. Selecione um tema que desperte seu interesse

No TCC a escolha do tema pesa bastante, pois vamos passar um bom tempo nos dedicando a esse trabalho. Selecionar um tema interessante e que desperte sua simpatia pode ser crucial para o desenvolvimento de um trabalho de qualidade.

Uma boa dica que posso oferecer para você (e que funcionou bem para mim) é listar aquelas disciplinas que você cursou e que te despertaram mais interesse.

Será que elaborar aquele relatório para fechar a nota não te deixou animado?

Às vezes o tema “ideal” está bem na nossa frente e não percebemos. Sentimentos como animação, motivação e curiosidade também podem ser indicadores de que gostamos mais ou menos de um assunto. Como já diz o aforismo grego:

Conhece a ti mesmo.

Uma outra dica é: busque um tema que você sente uma grande curiosidade e vontade de conhecer um pouco mais. Facilidade em “pegar” os assuntos e conceitos também é uma boa. O mais importante é que ele precisa ser estimulante para te manter motivado.

Buscando nas melhores plataformas

Outra forma interessante de encontrar temas para desenvolver seu TCC, é realizar uma busca por trabalhos já publicados em plataformas da sua instituição ou mesmo no Google Acadêmico.

Além de ser simples de fácil acesso, as buscas nas plataformas podem te auxiliar no levantamento da literatura base para o seu TCC.

2. Crie um calendário do TCC

Tempo é vida!

Por essa e outras, o ideal é você pegar um papel e caneta e anotar todas os passos necessários para conclusão do seu TCC. Não desperdice seu tempo, otimize seu trabalho.

É essencial se atentar aos prazos definidos e nível de complexidade do seu trabalho. Para isso, criar um calendário, com as datas e tarefas que devem ser concluídas, é uma boa maneira para se organizar.

Antes de mais nada, pare e reflita sobre o nível de exigência do trabalho. O calendário não é algo inalterável. Na prática, ele serve para você se organizar e otimizar seu tempo. Abaixo eu listo algumas dicas de como elaborar seu calendário.

  • Defina as prioridades

Uma vez que você já sabe qual seu tema de pesquisa e objetivos, é essencial definir as atividades necessárias para colocar seu trabalho para frente. Mas lembre-se sempre de considerar o tempo para finalização de cada tarefa. Seja realista consigo mesmo.

  • Tome nota dos materiais necessários

É importante saber quais materiais e ferramentas necessários para você realizar seu TCC. Faça uma lista deles e avalie a viabilidade com seu orientador.

tome nota dos materiais necessarios

 

  • Potencialize seu tempo

Agrupe as tarefas que estejam relacionadas. Por exemplo, as análises dos dados só podem ser realizadas depois que você coletar, triar e tabular os dados. Essa é uma dica muito boa para você saber quais passos seguir à medida que ir concluindo as tarefas.

Dica extra: elaborar um calendário pode ser até divertido. Por que não montar um que seja customizado a seu gosto?

3. Escolha um orientador apropriado

É uma etapa muitas vezes pouco pensada entre os graduandos, mas a escolha de um orientador apropriado faz toda a diferença.

O orientador é responsável por te iniciar tanto ao projeto quanto a linha de pesquisa de seu interesse. Um bom orientador te ajuda a delinear o tema e estruturar a pesquisa, além de assinalar alguns procedimentos essenciais.

Apesar de parecer o caminho mais “fácil”, escolher o orientador por afinidade não é a melhor opção. Por isso destaco abaixo algumas orientações para você fazer a escolha mais adequada dentro de suas necessidades.

  • Defina uma lista de orientadores que fazem pesquisa dentro do seu tema de interesse;
  • Procure saber a disponibilidade do seu orientador em dedicar-se ao seu TCC;
  • Procure conversar com ex-alunos que já tiverem uma experiência como orientandos;
  • Faça uma busca na biblioteca por trabalhos que já foram realizados com seu potencial orientador.

4. Procure conhecer todas as normas

Quando falo de todas as normas, estou me referindo a todas mesmo. É importante você ter ciência de todas as regras e diretrizes da sua instituição, assim como das normas para elaboração do TCC.

É interessante também você fazer uma pesquisa sobre todas as possibilidades que são oferecidas pelo seu curso. Muitas vezes a gente se vê perdido e a solução é muito mais simples do que imaginamos.

Então segue essa dica: busque sempre se informar com seu orientador, colegas e professores. Nunca é demais pedir uma ajuda, não é?!

5. Leia muito

Não é exagero quando ouvimos de nossos professores o seguinte:

“Leia muito, esteja sempre atualizado com a literatura, um paper por dia é o ideal. ”

Parece loucura, mas eles têm razão nesse ponto. A leitura continuada ajuda muito, pois deixa mais fácil e simples a estruturação do seu texto.

Separe, dentro do seu cronograma/calendário, um tempo para ler sobre o seu tema. Se atualizar sobre as ferramentas, metodologias e conceitos, será um diferencial e a cereja do bolo na hora da apresentação.

leia muito

Faça a revisão do seu TCC

E não menos importante, faça a revisão do seu TCC.

A revisão não é sinônimo de reescrever e sim de avaliar os pontos que podemos melhorar. Peça ajuda de amigos e até familiares para ler seu texto. Quando estamos trabalhando por muito tempo em um texto, fica um pouco difícil notarmos seus “erros”.

Com a ajuda de outras pessoas, temos a oportunidade de identificar todas as ideias e conceitos, melhorando a estrutura do TCC.

Uma dica de ouro: Caso sua avó ou qualquer outra pessoa idosa entenda o que você fez no TCC, saiba que está no caminho certo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *